Renato Russo Ominia Vincit

Há 22 anos lembramos saudosos a passagem do gênio do rock nacional Renato Russo. Embora habitando fisicamente outro estação, Renato segue cada dia mais presente no nosso cotidiano, potencializando a importância do amor, do conhecimento e de uma reflexão profunda sobre o contexto sócio-histórico e político do nosso Brasil. Para celebrar este filósofo intenso, românticoContinuar lendo “Renato Russo Ominia Vincit”

Você, fake news?

As redes sociais transmitem uma sensação de importância. De que não somos avulsos, invisíveis ou desinteressantes. Postamos, aparecemos! Neste ciclo de notoriedade fake, sem perceber, nos tornamos presas fáceis do abuso e da solidão. Passamos a viver à mercê das opiniões e expectativas alheia e da audiência dos nossos seguidores. Nos tornamos influenciadores digitais semContinuar lendo “Você, fake news?”

Das Egotrips contemporâneas

Venho aprendendo com o exercício da empatia que existem realmente muitas dimensões de entendimento nesta realidade que habitamos. As minhas escolhas, desejos, conceitos são apenas pautados no que eu já posso ser e ver. Por mais que eu tenha sonhos, ideologias e planos perfeitos para o meu país ele nunca será compartilhado de forma completamenteContinuar lendo “Das Egotrips contemporâneas”

Não me Enquadro

Não tenho mais uma turma. Não me enquadro. Surfei durante anos na coordenação de mocidades no espiritismo, no teatro independente, na educação de línguas estrangeiras, palestras, na gestão de contratos, facilitação de grupos e cursos de gestão de mudanças. Também no serviço público, na educação formal, no jornalismo cultural, na assessoria de imprensa, no teatroContinuar lendo “Não me Enquadro”

Brincar é preciso – Entrevista com Sirlândia Reis de Oliveira Teixeira

“O próprio Piaget diz que a inteligência nasce no brincar, porque negligenciar algo que é real e traz alegria para as crianças na escola? Ou será que escola também não é lugar de ser feliz?”, questiona Sirlândia Reis.

A arte cura

Havia guardado o teatro na gaveta; inclusive o prazer da entrega, da catarse iminente, da percepção da minha arte e da minha voz. Havia enfeitado o conceito da dramaticidade artística, travestindo estilos literários confusos, Era uma falsa alteridade. Eu me lembro de ter dito uma vez sobre a minha paixão pelo teatro: – “O palcoContinuar lendo “A arte cura”

Entrevista sobre astrologia com Cris Costa – Lives de Segunda

Na última segunda-feira, 17, recebi no meu programa Lives de Segunda a astróloga e astrocoach Cris Costa! Durante a entrevista falamos sobre autoconhecimento, mapa astral, trânsitos planetários, inferno astral, sinastria amorosa entre outros! Confira o bate papo completo!      

Desperta Narciso!

Desperta Narciso! Saia da borda, O lago transborda o teu penar. Vem, deixa eu te levar Prum outro mundo, pruma maneira mais leve de ser Sem dor, sem culpa, sem abandono Desperta Narciso! Teu reflexo não é maior que o teu sorriso Vem, deixa eu te mostrar Um mundo de esperança, de alegria verdadeira DaquelaContinuar lendo “Desperta Narciso!”

É tarde!

É tarde amor, vem deitar! O nosso tempo jaz rápido demais! Ao longe escuto teus últimos sussurros gritando: Mais, ais, is, i… e Já não dá mais! É tarde! A luz apagou, Meu olho cerrou, Teu corpo se desconectou dos meus sentidos Sem desequilíbrios. Nossa alma carece de mais Paz. Ah, não se apraz! Desfaz,Continuar lendo “É tarde!”

Perda de Peso e Crenças Limitantes

Há um mês do meu aniversário de 38 anos posso dizer que me sinto muito grata pelas imensas mudanças internas e externas que vem acontecendo na minha vida. Esteticamente foram mais de 16 kg eliminados em 2 anos sem loucuras, dietas mirabolantes ou dramas! Eu nasci magrinha, porém passei a minha infância acima do peso,Continuar lendo “Perda de Peso e Crenças Limitantes”

Alfabetização Afetiva – Dica de leitura

Quem não gostaria de habitar este planeta sem qualquer problema, desafio, tristeza, frustração, apenas com intensos momentos de felicidade? Imagino que muitos de nós! Embora saibamos que todas as experiências e sentimentos são importantes para a nossa evolução, nem sempre enxergamos com facilidade tudo que nos ocorre, afinal não fomos educados para isto. Da mesmaContinuar lendo “Alfabetização Afetiva – Dica de leitura”

Sobre as polaridades das nossas emoções

Das maldades humanas tenho compaixão, noutras vezes raiva. Porém, com a energia da raiva eu escolhi correr ao menos 5 km diários ou levantar sem ajuda, os móveis pesados do meu quarto quando quero mudá-los de lugar. Ah, e faço bom uso na mastigação, triturando os alimentos mais densos com energia e efetividade. Com aContinuar lendo “Sobre as polaridades das nossas emoções”