Ninguém segura uma mulher segura

Umbigo O mundo é todo meu! Sempre tive problemas de relacionamento com a minha barriga. Discutíamos por tudo, principalmente quanto a sua teimosia. Rsrs A sua forma, não era aquilo que eu tinha imaginado, ou, melhor, era diferente do publicado nas revistas como modelo, perfeito e universal. Era mole, sem músculos definidos. Uma pochetinha inadequada.Continuar lendo “Ninguém segura uma mulher segura”

Yo Você We – Minhas Experiências com o amor

Oláaa!!! É com grande alegria que divulgo o lançamento do meu primeiro livro de poesia Yo Você We – Minhas Experiências com o Amor!!!!! Yo Você We é o retrato da minha narrativa pessoal em busca da excelência no amor romântico. O livro já pode ser encontrado Aqui para download Yo Você We  Se vocêContinuar lendo “Yo Você We – Minhas Experiências com o amor”

Carecemos de respirar a nós mesmos! 

Ouvimos constantemente: As pessoas querem ser ouvidas. Querem ter um espaço de diálogo sincero. Verdadeiro. Sem julgamentos. Queremos como seres humanos mais do que simplesmente ‘fingir costume’ ou fingir interesse no potencial que as relações têm de nos fazer crescer e ampliar o nosso repertório de aprendizagens cognitivas, espirituais e emocionais. Nós buscamos conexão. UmaContinuar lendo “Carecemos de respirar a nós mesmos! “

Onde o mistério é pouco

Meu sonho é ser uma super star! Viver de música. Criar e dirigir peças de teatro. Dançar no palco (em espetáculos cênicos ou não). Pesquisar horas e horas sobre contextos históricos, filosóficos e espirituais das minhas personagens. Quero parar de só admirar. Quero fugir dessa realidade. Do dia a dia sem sentido em que teimoContinuar lendo “Onde o mistério é pouco”

Sobre as marcas da pós gestação

Quando a gente gesta uma criança, gesta um sonho. Um sonho que cresce, estica a pele, alarga o corpo, deixa marcas. Quando somos jovens, eu tinha 24, o corpo é tudo o que vemos, tudo o que achamos que temos. Por ele e sua estética suportamos dietas, opiniões alheias, superexposição. Ignoramos a causa: quem somos.Continuar lendo “Sobre as marcas da pós gestação”

SelfGlossário

Leveza: Quando a alma dispensa as tormentas. Tranquilidade: Quando a gente sente uma ‘quenturinha’ no coração. Inspiração: Quando algo dos outros nos importa. Intuição: Quando o que vem de fora já não importa. Amor: A chave e a porta! Texto e foto: Yve Oliveira

Nossos últimos capítulos

Nós brasileiros fomos criados e educados pelas telenovelas. Aprendemos a torcer para o vilão, chorar com os protagonistas, seguir o estilo/visual e a linguagem (bordões) das personagens. Não contentes, começamos a acompanhar séries baseadas em fatos reais o que de alguma maneira permitiu que a nossa memória inconsciente fosse se acostumando com a ideia deContinuar lendo “Nossos últimos capítulos”

Você, fake news?

As redes sociais transmitem uma sensação de importância. De que não somos avulsos, invisíveis ou desinteressantes. Postamos, aparecemos! Neste ciclo de notoriedade fake, sem perceber, nos tornamos presas fáceis do abuso e da solidão. Passamos a viver à mercê das opiniões e expectativas alheia e da audiência dos nossos seguidores. Nos tornamos influenciadores digitais semContinuar lendo “Você, fake news?”

Das Egotrips contemporâneas

Venho aprendendo com o exercício da empatia que existem realmente muitas dimensões de entendimento nesta realidade que habitamos. As minhas escolhas, desejos, conceitos são apenas pautados no que eu já posso ser e ver. Por mais que eu tenha sonhos, ideologias e planos perfeitos para o meu país ele nunca será compartilhado de forma completamenteContinuar lendo “Das Egotrips contemporâneas”

Não me Enquadro

Não tenho mais uma turma. Não me enquadro. Surfei durante anos na coordenação de mocidades no espiritismo, no teatro independente, na educação de línguas estrangeiras, palestras, na gestão de contratos, facilitação de grupos e cursos de gestão de mudanças. Também no serviço público, na educação formal, no jornalismo cultural, na assessoria de imprensa, no teatroContinuar lendo “Não me Enquadro”