Sobre renovar a ideia de amor

Alguns amores são como sonhos. Projeções egoicas das nossas expectativas: Só sobrevivem enquanto a ilusão persiste. É difícil perceber o maniqueísmo do ego ressentido lutando mais por uma ideia de romance do que realmente por estar amando sozinho. A libertação chega quando a máscara cai. A nossa. Quando o modelo de príncipe/princesa encantada se vai.Continuar lendo “Sobre renovar a ideia de amor”

Sobre as barreiras de desconexão

As muitas barreiras que eu havia criado me impediam de ver a verdadeira capacidade de amar que eu possuo em todas as minhas células. O fato de romantizar os fatos também gerou muitos desalinhos já que as expectativas criadas determinavam os modelos, com os quais os meus parceiros deveriam se guiar. A ilusão era aContinuar lendo “Sobre as barreiras de desconexão”

O Amor Real

O amor é real. Vive no campo da materialidade. Está entre as relações, nas nossas células na nossa maneira de existir neste mundo. Já a sua transcendência é filosofia. Ponto de vista das experiências vividas, apreendidas ou observadas. Ás vezes, essas cápsulas de pensamento confundem os românticos, principalmente os frustrados. Há em muitos deles, aContinuar lendo “O Amor Real”