Até quando Facebook?

Desativei o face! Voltei para organizar a casa! Visitei amigos, posts, compartilhamentos. Li memórias, intrigas, confusão, descaso. Vi amor, alegrias, sofrimento, angústia, abandono. Falta de bom senso, horror, terror, retrocesso. Vi. Li. Anotei. Postei Paulo Freire. Abandonei a necessidade de utilizar dos mesmos critérios para me manifestar para o sim ou para o não. SouContinuar lendo “Até quando Facebook?”

Você, fake news?

As redes sociais transmitem uma sensação de importância. De que não somos avulsos, invisíveis ou desinteressantes. Postamos, aparecemos! Neste ciclo de notoriedade fake, sem perceber, nos tornamos presas fáceis do abuso e da solidão. Passamos a viver à mercê das opiniões e expectativas alheia e da audiência dos nossos seguidores. Nos tornamos influenciadores digitais semContinuar lendo “Você, fake news?”